On-Light: Rede Social Ótica

 
 

O projeto “On-Light – Rede Social ótica” nasceu da parceria entre o Instituto Politécnico de Castelo Branco e três escolas do DIstrito de Castelo Branco: Escola Secundária Amato Lusitano (Castelo Branco), Agrupamento de Escolas do Fundão (Fundão) e Escola Secundária Quinta das Palmeiras (Covilhã).

O fenómeno das redes sociais na Internet serviu de mote para este projeto, que visa criar uma rede de comunicação simples, usando a luz visível como meio de transmissão. Assim, foi desenvolvido um conjunto de emissores / receptores óticos, ao qual designamos de estação. Quando duas ou mais estações estiverem alinhadas umas com as outras, serão capazes de comunicar entre si, criando uma rede que permita a troca de mensagens de um utilizador para outro.

Pretende-se assim criar sinergias entre diferentes níveis de ensino, para que se apliquem alguns dos conceitos estudados em Física (efeito fotoeléctrico e as propriedades da luz), de forma experimental e com a finalidade de comunicar. Do sistema de transmissão destacamos a utilização de uma lâmpada de LEDs, que para além de servir para iluminar o meio onde se insere, serve também para enviar a informação desejada.

No sistema de recepção destaca-se o fotodíodo, elemento fundamental na comunicação, pois é graças a ele que é possível recuperar o enviado pelo emissor, sob a forma de impulsos óticos.

 

Introdução

“...Pretende-se criar sinergias entre diferentes níveis de ensino, para que se apliquem alguns dos conceitos estudados em Física (efeito fotoeléctrico e as propriedades da luz), de forma experimental e com a finalidade de comunicar.”